sábado, 16 de maio de 2015

DIFERENÇA ENTRE FÍSICA CLÁSSICA E MODERNA

Escriba Valdemir Mota de Menezes

A física descreve principalmente o relacionamento e as interações entre a energia e a matéria. A ciência tem se desenvolvido para explicar o funcionamento e a estrutura fundamentais do universo e toda a matéria contida nele.


Física moderna vesus física clássica

A física clássica descreve a maioria dos estudos anteriores ao início do século 20. Ela envolve, tipicamente, conceitos de física de grande porte e seus ramos incluem termodinâmica, eletricidade e magnetismo, mecânica, luz e ótica e som. Já a física moderna está mais preocupada com o mundo microscópico das partículas. Estudada a partir do início do século 20, a física moderna inclui mecânica quântica, a física molecular, física nuclear, física de partículas, física atômica, relatividade, física da matéria condensada, nanofísica e cosmologia.

Termodinâmica

A termodinâmica é um ramo da física clássica que estuda a energia e o calor e a relação entre os dois. Ela preocupa-se com as reações em grande escala, ao invés das reações microscópicas.

Mecânica

A mecânica é uma divisão da física clássica que explora os corpos em movimento e as forças que agem sobre eles. As subdivisões da mecânica incluem o estudo do movimento e das forças associadas a um corpo, chamado "dinâmica", e o estudo de organismos em repouso, chamado "estática", bem como o estudo dos corpos em movimento, sem se preocupar com as forças que provocam o movimento, conhecido como "cinemática".

Eletricidade e magnetismo

eletricidade e o magnetismo são estudados na física clássica, tanto em movimento quanto em repouso. As subdivisões desse ramo incluem a magnetostática, que é o estudo dos pólos magnéticos em repouso, a eletrostática, ou o estudo das cargas elétricas em repouso, e a eletrodinâmica, ou o estudo de cargas elétricas em movimento.

Som

O ramo da física clássica dos sons estuda as vibrações sonoras. O estudo da acústica envolve a forma como o som viaja em ondas e através de meios específicos.

Ótica

O estudo da ótica na física clássica explora as propriedades da luz, a partir de seu espectro visível às radiações ultravioleta e infravermelha.

Mecânica quântica

A mecânica quântica, uma divisão da física moderna, investiga as propriedades da matéria em nível microscópico. Esse ramo da física inclui a física atômica, molecular, nuclear, de partículas, da matéria condensada e a nanofísica.

Relatividade

Também uma parte da física moderna, a relatividade estuda o movimento de partículas na velocidade da luz. A relatividade também engloba a gravidade e seus efeitos sobre o tempo e o espaço. Albert Einstein foi o pioneiro nesse ramo da física com suas teorias da Relatividade Geral e Especial.

Cosmologia

A cosmologia, outro ramo da física moderna, estuda o início e a estruturação do universo. Os estudos cosmológicos englobam, entre outras coisas, a Teoria do Big Bang e a energia e a matéria negras.
Fonte:
http://www.ehow.com.br/ramos-fisica-moderna-fisica-classica-info_65267/

3 comentários:

  1. Ao meu ver a física clássica tem uma ligação com o macro e a física quântica com o micro. E=m.c.c de Einstein e E=n.h.f de Planck se resumem em velocidades reais e imaginarias, só que em horizontes de fronteiras o real não fica provado por causa da singularidade. Enquanto uma tenta explicar materialmente o não existente a outra tenta explicar a consciência de algo inesplicável que no caso são os saltos imaginários.Para que algo exista é necessário a junção de três entes;Tempo, Matéria e gravidade ou força.Portanto se a última forma de propagação de energia (E=n.h.f)existe, a consciência ou espíritos podem está dando pulos nessas possíveis dimenções...

    ResponderExcluir
  2. A física clássica e a física moderna nunca andaram juntas

    ResponderExcluir